O bem-estar animal é para todos

  • Não há barreiras econômicas ou geográficas para quem estiver interessado em proteger os direitos dos animais de criação, e, deste modo, obter as vantagens que o comportamento ético e humanizado agrega quando os consumidores podem comprovar que uma empresa ou produtor adota boas práticas. 

    Neste ebook, apresentaremos em detalhes os fatos que derrubam as principais objeções que costumam ser feitas por quem vacila entre iniciar ou não o processo de certificação de bem-estar animal.

  • MITO: Só propriedades e empresas muito grandes (ou muito pequenas) podem se certificar.  FATO: A certificação é para propriedades e empresas de todos os tamanhos. 


  • MITO: A certificação de bem-estar animal custa caro. FATO: Os custos para se obter o selo Certified Humane cabem em praticamente todos os orçamentos.


  • MITO: O processo para obter a certificação é árduo e complexo. FATO: As regras de bem-estar animal são objetivas e não há complicações.

Hoje o selo Certified Humane certifica 166 empresas e 5.600 fazendas e granjas nos Estados Unidos, Canadá, Chile, Peru e, é claro, Brasil. Já há por aqui produtores de leite, aves e ovos que se submetem a inspeções periódicas para ter o direito de estampar o selo. Também há produtores de ovos certificados através do Instituto Certified Humane Brasil no Chile e no Peru.